Instagram

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

CompreSempreBem: Abril 2015

19 de abr de 2015

APÓS + 60 DIAS SISTEMA CANTAREIRA MANTÉM O NÍVEL

REPRESAS DO SISTEMA CANTAREIRA APÓS 60 DIAS SEM CAIR O NÍVEL


Com a chuva em todos reservatórios do Estado de São Paulo,não teve aumento do volume  em nenhum dos mananciais. As composições do sistema Cantareira abastece cerca de 8 milhões de pessoas na Grande São Paulo está com o nível estabilizado em 19,9% de sua capacidade e chega aos 75º dia sem cair.
Segundo os dados divulgados pela (SABESP)Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo,
No período, a pluviometria (chuvas medição) foi de 3,9mm no sistema- e acumulou neste mês 15,1% menos de 20% da média histórica(89,8mm).
O nível do Cantareira também é estável se for considerado o volume útil acrescido do volume de reserva técnica, então esses dados começou a ser divulgado pela Sabesp após pressão do Ministério Publico Estadual.

12 de abr de 2015

PROTESTO CONTRA GOVERNO DA PRESIDENTA DILMA, ABAIXO A CORRUPÇÃO!

PROTESTO CONTRA GOVERNO DA PRESIDENTA DILMA, ABAIXO A CORRUPÇÃO!

Milhares de Brasileiros saíram hoje(12) as ruas manifestando e protestando contra o governo da Presidenta Dilma em relação à corrupção, Pois em 15 de março também os protestos foram pelos mesmos motivos.
Essa corrupção dos políticos e afins que assolam degenerativamente nossos recursos que se fossem realmente empregados tínhamos uma educação melhor, uma saúde padrão e educação.


Pessoal são bilhões e bilhões talvez esteja até na casa dos trilhões ou quadrilhões de reais roubados até hoje!
Imagine se esse dinheiro fosse empregado corretamente, sem duvidas teríamos um Brasil ultra melhor! Mas saindo da utopia e voltando para nossa sofrida realidade o dinheiro publico vaza pelo dutos da corrupção marginal com quem nós temos que conviver.
Temos que cobrar de quem nós votamos uma honestidade maior de fazer as promessas de campanha serem concretizadas, temos que fiscalizar.
Sugiro ate criar comissões de cidadãos para fiscalizar todos os órgãos públicos envolvidos!

Em Brasília, pelo menos 20 mil pessoas, de acordo com a Polícia Militar (PM), caminharam pela Esplanada dos Ministérios em direção ao Congresso Nacional com faixas e palavras de ordem pedindo a saída de Dilma do governo e o fim da corrupção, entre outros. 







Vestidos de verde e amarelo e com bandeiras do Brasil, os manifestantes foram acompanhados por 3 mil policiais. Em março, 45 mil pessoas participaram da marcha na capital, segundo a PM.



Em Belo Horizonte, o protesto se concentrou na Praça da Liberdade. Convocado pelas redes sociais por diversas organizações, o ato também pediu o fim da corrupção, a reforma política e o impeachment da presidenta Dilma. De acordo com a PM de Minas Gerais, por volta de 12h, 3 mil pessoas participavam do protesto. Na manifestação do dia 15 de março, 24 mil pessoas estiveram no local, também segundo a polícia.

Da Praça da Liberdade, os manifestantes devem seguir até a Praça da Estação, no centro da capital da mineira, onde o ato deverá ser encerrado.
Em Manaus, a concentração, marcada para as 9h, na Praça do Congresso, no centro da capital, começou tímida por causa da chuva, segundo os organizadores. De acordo com o integrante do Movimento Brasil Livre Jean Batista, cerca de 10 mil pessoas participam da manifestação. A Polícia Militar informou que, por volta das 11h, havia 360 manifestantes. O grupo caminhou por algumas ruas do centro da capital amazonense e já começou a se dispersar. Segundo a PM, 420 polícias militares acompanham o movimento e nenhuma ocorrência foi registrada.
Em São Luís, cerca de 3 mil manifestantes se concentram na Avenida Litorânea, segundo os organizadores do Movimento Brasil Livre. A PM ainda não fez a estimativa oficial, mas informou que um número reduzido de pessoas participam do movimento. Aproximadamente 20 policiais acompanham a manifestação.
No Rio de Janeiro, a Orla de Copacabana voltou a ser tomada por manifestantes contrários ao governo. Acompanhados de três carros de som e com bandeiras diversas, o grupo caminha pela Avenida Atlântica. Além do pedido de impeachment da presidenta Dilma e de investigação das denúncias de corrupção, há, entre os manifestantes, os que defendem a reforma política e grupos que pedem o retorno dos militares ao poder.

Em São Paulo, onde a manifestação de 15 de março reuniu 1 milhão de pessoas, segundo a PM, as pessoas começam a se concentrar para o ato de hoje, marcado para as 14h, em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp). Também há protestos previstos para esta tarde em cidades de Alagoas, do Amapá, Ceará, Espírito Santo, de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, da Paraíba, do Paraná, de Pernambuco, do Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, de Rondônia, Roraima, Santa Catarina, Sergipe e do Tocantins.





11 de abr de 2015

POLÊMICA TERCEIRIZAÇÃO DO TRABALHO SEGUNDO MINISTRO MANOEL DIAS E INEVITÁVEL

POLÊMICA TERCEIRIZAÇÃO DO TRABALHO SEGUNDO MINISTRO MANOEL DIAS É INEVITÁVEL


BRASÍLIA - Segundo o  ministro do Trabalho, Manoel Dias, afirmou que o projeto que regulamenta e amplia a terceirização no mercado de trabalho brasileiro contém uma série de avanços para os trabalhadores. 

Qual é a posição do sr. sobre a terceirização?
Sou contrário a qualquer medida que arranque os direitos dos trabalhadores. Mas a terceirização é um fato que existe hoje no Brasil, não adianta ignorar. Ela já existe. A falta de uma regulamentação, no entanto, gera insegurança jurídica para todos, então algo era necessário. Ainda no ano passado procurei o relator e propus a ele que, na medida em que a aprovação dela representasse um retrocesso aos trabalhadores, a presidente poderia vetar. Realizamos reuniões em 2014 que culminaram em um avanço muito grande.

Quais avanços?
O relator aceitou incluir a "corresponsabilidade" da empresa contratante, que será solidária. Outra foi a representação sindical. O trabalhador terceirizado deve ser representado pelo sindicato da categoria que esse trabalhador está inserido. Isso fortalece os sindicatos e mantém os trabalhadores defendidos.

O projeto, então, está perfeito como foi aprovado?
Falta ainda um ponto. Queremos deixar claro que a terceirização somente pode ocorrer para atividades-fim em empresas com uma única especialização. Não queremos permitir que empresas com todo tipo de especialização possam terceirizar tudo.

O movimento sindical está dividido. Como isso se resolverá?
Um dos fatos mais importantes da vida moderna é a negociação. O diálogo foi a base para avanços entre empregados e empregadores em todos os setores. Então, sabendo que temos hoje um Congresso muito mais conservador, a pauta trabalhista é prejudicada. Nosso partido foi contrário ao pedido de urgência ao projeto e lutou para não colocá-lo na pauta de votação da Câmara. Mas fomos derrotados. A partir daí, passamos a negociar, para que o texto, afinal, contemplasse melhoras para o trabalhador. Conseguimos avanços.

10 de abr de 2015

FOGO CONTINUA AINDA NOS TANQUES DE COMBUSTÍVEIS E EMPRESA CONTRATA TÉCNICOS AMERICANOS ESPECIALIZADOS PARA APAGAR O FOGO!

Bombeiros ainda continuam trabalhando para conter o incêndio nos tanques de combustíveis na empresa Ultracargo em Santos



Pois o foco agora do trabalho e resfriar os outros tanques de combustíveis e consertar os vazamentos das tubulações.


Desde quando começou o incêndio em 02/04/2015 as 10:00hs na empresa Ultracargo que fica localizada no bairro da Alemoa, em Santos o trabalho focado dos heróis os bombeiros era conter o incêndio e resfriar os outros tanques para não alastrar mais.Então segundo o comandante do corpo de bombeiros o incêndio foi contido conforme uma inspeção área pela área toda aonde ficam localizado os tanques.

Então Hoje sexta feira o foco será na contenção dos resfriamentos dos tanques e conserto geral dos vazamentos das tubulações.

Técnicos de uma empresa americana, contratada pela Ultracargo, chegam hoje a Santos para ajudar na etapa final. A empresa já combateu fogo em poços de combustível no Iraque após bombardeio.

Segundo a prefeitura de Santos, as atividades da empresa Ultracargo, que faz o armazenamento e a movimentação de produtos químicos e petroquímicos na área industrial da Alemoa, estão embargadas até que sejam cumpridas determinações legais que garantam a segurança do local.

Em nota, a empresa informou que seu terminal em Santos sempre funcionou com todas as licenças e autorizações necessárias e que suas operações obedecem a todas as legislações, regulações e normas técnicas aplicáveis. A companhia garantiu que vai prestar todos os esclarecimentos necessários à prefeitura e que continuará em cooperação com as autoridades. 


3 de abr de 2015

Bilhete Único Mensal é saída para driblar o aumento das tarifas

Bilhete Único Mensal é saída para driblar o aumento das tarifas



Modalidade ainda é pouco utilizada e depende de cadastro na SPTrans, mas é solução de economia para quem utiliza o cartão muitas vezes.



São Paulo – Quase metade (47%) dos usuários do transporte coletivo na capital paulista será onerada pelo reajuste das tarifas de ônibus, trens e Metrô em São Paulo, que entrou em vigor em 06/01/2015. Segundo dados da São Paulo Transportes (SPTrans), dos 138,9 milhões de passageiros transportados em novembro de 2014, 66 milhões pagaram a tarifa em dinheiro ou Bilhete Único Comum – modalidades que serão objeto do reajuste. Somente 4,3 milhões (3,1%) utilizaram as modalidades temporais do Bilhete Único – Mensal, Semanal ou Diário – que não terão reajuste.

O dado divulgado pela prefeitura, de que somente 8% dos usuários seriam afetados pelo reajuste, é uma estimativa da SPTrans, considerando que a população e os empresários que pagam vale-transporte aos seus funcionários – equivalente a 30% dos pagamentos – vão aderir ao Bilhete Único Mensal, Semanal ou Diário. Estes vão ter o valor da tarifa mantido em R$ 140, R$ 38 e R$ 10 (Simples), respectivamente, ou R$ 230, R$ 60 e R$ 16 (Integrado), caso o usuário utilize a integração com Metrô ou com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).
Essas modalidades dependem de um cadastro gratuito na SPTrans e todos os modos de utilização ficam disponíveis no mesmo cartão. O valor tem de ser pago integralmente e a pessoa pode fazer quantas viagens quiser no período de validade do crédito. Este ponto tem sido apontado como o mais complicado da modalidade: nem todo mundo consegue desembolsar o valor do bilhete Mensal de uma só vez, por exemplo.
O bilhete Mensal vale 30 dias, o Semanal, (7)sete dias, e o Diário, 24 horas. Ao completar o tempo, o cartão deixa de liberar a catraca. O cartão Mensal é válido para quem precisa fazer 48 embarques pagos (sem contar a integração) por mês. Se não for utilizado, o crédito perde a validade, como ocorre com os celulares.
Até o fim de novembro de 2014, cerca de 920 mil pessoas aderiram ao Bilhete Único mensal, número que superou a meta da prefeitura, de 860 mil cadastros. O valor corresponde a 16,8% do total de bilhetes existentes: 5,5 milhões. No entanto, segundo os dados da SPTrans, somente 3,1% das viagens do mesmo mês foram realizadas com este tipo de cartão.
Já os estudantes representam aproximadamente 15,8 milhões (11,4%) dos passageiros pagantes. A prefeitura vai conceder gratuidade a cerca 550 mil estudantes de baixa renda das escolas públicas, para inscritos no Programa Universidade para Todos (Prouni) e no Financiamento Estudantil (Fies). O governo paulista também anunciou que concederá tarifa zero aos mesmos, acrescentando os estudantes das escolas técnicas (Etecs) e das faculdades de tecnologia (Fatecs), além da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Estadual Paulista (Unesp).
A Secretaria dos Transportes Metropolitanos (estadual) estima que cerca de 65% dos estudantes que usam CPTM e Metrô terão direito ao benefício.
Porém, o passe livre estudantil terá o limite de 48 viagens mensais. Os requisitos ainda serão regulamentados pelos governos municipal e estadual, até o fim de janeiro. Quem não se enquadrar na tarifa zero ainda poderá utilizar o Bilhete Único Mensal Estudante, que custará metade da tarifa de cada formato do cartão – Simples ou Integrado.
Apesar de avançar na concessão de passe livre para estudantil para parte dos estudantes, o reajuste proposto é criticado pelo Movimento Passe Livre (MPL), que considera que o mesmo devia ser concedido para toda a população. .

Para o movimento, o transporte é o que garante a efetividade dos direitos fundamentais como saúde e educação, já que isso demanda deslocamento. E assim deve ser tratado como um direito também. “Um novo aumento irá excluir ainda mais gente do transporte coletivo – e da cidade. E não é porque um trabalhador recebe vale-transporte que ele não sentirá o impacto: o aumento restringe ainda mais a sua mobilidade à ida e vinda do trabalho e fecha as portas da cidade para qualquer outra atividade”, defende o movimento.
A prefeitura defende que o reajuste é necessário para manter o funcionamento do sistema. E que o mesmo ficou abaixo da inflação acumulada desde o último reajuste, em janeiro de 2011. A inflação acumulada foi de 27% e o reajuste ficou em 16,67%. “Na média de todos os usuários pagantes, o reajuste (considerando os congelamentos dos temporais e a gratuidade para os estudantes) foi de 7,4%”, defende o governo municipal.

O orçamento paulistano para 2015 prevê ainda um subsídio de R$ 1,4 bilhão para o transporte coletivo, pois o custo do sistema não é pago somente com a receita obtida das tarifas. O custo do transporte da capital foi de R$ 6 bilhões em 2014. No entanto, a consultoria Ernst&Young apontou a possibilidade de reduzir esse valor em cerca de R$ 693 milhões, adequando os custos de combustível, mão de obra e equipamentos aos padrões de mercado.

As tarifas do Metrô e da CPTM também terão reajustes de R$ 3 para R$ 3,50. Menos lembrados nas queixas cotidianas sobre o aumento, os dois sistemas têm um custo cotidiano menor que o sistema de ônibus municipal. E a receita do Metrô supera os gastos com alguma folga. Nos valores não estão computados os investimentos.

O gasto total de funcionamento do Metrô em 2013 foi de R$ 2 bilhões, enquanto as receitas foram de R$ 2,05 bilhões. Já na CPTM o custo anual foi de R$ 2,3 bilhões. Porém, com a queda do reajuste em 2013 a receita foi R$ 1,9 bilhão. O que levou o governo estadual a implementar uma forma de subsídio na companhia.

2 de abr de 2015

TANQUE DE COMBUSTÍVEIS PEGA FOGO NO LITORAL

FOGO COM GRANDES EXPLOSÕES ATINGE ÁREA INDUSTRIAL EM SANTOS.


Explosões começaram por volta das 10:30 hs desta manhã de quinta-feira em 03/04/2015, então  foram ouvidas de Quilômetros, e a fumaça da pra ver de vários locais da baixada Santista na empresa Ultracargo.


Graças a Deus não houve vitimas, pois o corpo de bombeiros já esta no local junto com a patrulha portuária.
O Parque industrial fica perto do Porto de Santos aonde aproximadamente há 40 tanques de combustíveis. 4 tanques até o momento estão pegando fogo soltando uma fumaça espessa presta que atinge vários quilômetros de altura! A estratégia do corpo de bombeiros e atuar no combate ao fogo mantendo o incêndio no perímetro e resfriar os tanques vizinhos.

Para conter esse fogo irá demorar três dias aproximadamente, nesse complexo industrial além de gasolina, álcool, há outros vários produtos químicos inflamáveis. Realmente não dá para o bombeiros chegar perto a temperatura chega por volta do 800ºC. 

Nesse momento estão 80 bombeiros com aproximadamente 40 viaturas cedidas pelos municípios próximos ao litoral inclusive a cidade de São Paulo e também um navio jogando muita água.
Então o pessoal da Ecovias informa que na entrada de Santos está complicado o trânsito, então para quem irá descer para litoral eles sugerem que esperem até as 20:00hs. 
Também a Ecovias informa para as pessoas tomarem cuidados por causa dos arrastões...